O arquiteto Álvaro Siza Vieira foi contratado para desenhar uma torre residencial em Nova Iorque, segundo o jornal «The New York Times».

A torre residencial terá cerca de 120 metros e ficará na esquina da Rua 56 com a 11ª avenida, no bairro de Hell's Kitchen, conhecido pela alta concentração de bares e restaurantes.

O projeto, que será o primeiro do arquiteto português nos Estados Unidos, é uma encomenda da empresa Sumaida and Khurana, que comprou a localização no início do ano ao político e empresário John Catsimatidis.

O português torna-se assim o último arquiteto de renome internacional a juntar o seu nome a uma lista de arquitetos célebres que deixaram a sua marca na cidade, como Frank Lloyd Wright ou Frank Gehry.

«Promotores imobiliários que estão dispostos a pagar somas estratosféricas por novas construções tendem a escolher arquitetos com algum poder de estrela», escreve o «The New York Times», sem indicar quando começa a construção.

Junto com Souto Moura, o arquiteto foi autor de uma instalação chamada Jangada de Pedra que esteve em exibição no mês passado no Kennedy Center, em Washington, durante uma mostra de cultura ibérica.

Siza Vieira, que venceu o prémio Pritzker de Arquitetura em 1992 e o Golden Lion em 2012, é considerado o mais premiado arquiteto contemporâneo português. Já este ano, venceu o Prémio Internacional Archdaily «Building of the Year 2015».