Um homem está desaparecido nos mares da Madeira depois de ter sido esta noite arrastado por uma onda na Praia Formosa, no Funchal, disse à Lusa o comandante da Zona Marítima da Madeira.

Paulo Silva Ribeiro adiantou que o alerta foi dado por um casal que acompanhava o homem e foram logo acionados os meios da Marinha e da Polícia Marítima.

“Ainda não sei a identidade do desaparecido e foi uma onda que o apanhou”, informou o responsável da autoridade marítima regional.

Contudo, apontou que “a noite está muito escura e o mar alteroso”, o que torna impossível proceder às buscas.

Silva Ribeiro acrescentou que, embora tenha acionado uma lancha e o navio patrulha que veio para reforçar o dispositivo naval da região, “porque tem melhores condições para operar”, acabou por decidir “cancelar a saída, porque a embarcação não tem condições para estar junto à costa”.

“Agora, só podemos fazer buscas às primeiras horas da alvorada”, afirmou.

Devido ao mau tempo que assola a Madeira, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob 'Aviso Vermelho' (o mais grave numa escala de quatro) as zonas montanhosas da ilha por causa do vento forte até às 03:00 de quinta-feira, com previsões de rajadas atingirem os 140 quilómetros.

Um aviso com a mesma gravidade está também em vigor para a orla costeira na parte sul da Madeira até às 06:00 de quinta-feira, com ondas de sudoeste, passando a oeste entre os sete e os oito metros, podendo atingir os 14 metros.

Esta situação provocou vários estragos em diversas estruturas nos diversos concelhos na zona sul, casos de Câmara de Lobos, no qual a forte ondulação provocou prejuízos avaliados pelo vice-presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Calado, que visitou a localidade, em 100 mil euros, no cais desta cidade, contígua a oeste do Funchal.

Cerca de 200 mil euros é quanto o executivo madeirense vai ter de gastar nos estragos no pontão na zona do Portinho, disse o governante depois de visitar as freguesias do Jardim e do Paul do Mar, no concelho da Calheta, uma obra que deverá começar nos próximos dois meses.

No Paul do Mar, os bombeiros da localidade vão estar esta noite de prevenção.

As viagens de ligação marítima entre as ilhas da Madeira e Porto Santo programadas para quinta-feira foram canceladas pela concessionária, a Porto Santo Line.

As condições adversas na costa sul da Madeira já provocaram vários estragos em estruturas na orla marítima da ilha ao longo de diversos concelhos.