Um homem foi dado como desaparecido na praia da Nazaré, no distrito de Leiria, por volta das 00:40, estando no terreno duas embarcações e um helicóptero, informou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria

O alerta foi dado às 00:38, sendo que desde então decorrem as buscas no terreno. Pelas 09:15 estavam no terreno um meio terrestre dos Bombeiros da Nazaré, um helicóptero da Força Aérea e duas embarcações da Polícia Marítima da Nazaré e do Instituto de Socorros a Náufragos.

No local, estavam "três testemunhas bastante lúcidas que afirmaram que viram uma pessoa a entrar na água e que foi levada pelo mar", disse à agência Lusa o capitão do Porto da Nazaré, Gomes Agostinho, referindo que até agora as buscas foram "infrutíferas".

Apesar de as condições de momento serem "melhores do que há oito horas", a tendência é para "um agravamento da agitação marítima", o que pode complicar a própria operação, sublinhou.

Segundo Gomes Agostinho, durante a noite de passagem de ano havia um dispositivo preparado com bombeiros, nadadores salvadores e Polícia Marítima para evitar que indivíduos entrassem no mar, numa noite de "forte agitação marítima".

"As pessoas cumprem no momento, mas depois voltam a entrar para o mar", apontou.

O indivíduo poderia estar alcoolizado, segundo o relato das testemunhas à Capitania do Porto da Nazaré.

A caminho do local está já a corveta Jacinto Cândido, da Marinha Portuguesa, informou Gomes Agostinho.