logotipo tvi24

Centenas de quilos de molusco dão à costa em Gaia

Estranho fenómeno ainda não tem explicação

Por: Redacção / FC    |   2010-01-02 16:00

Uma grande quantidade de peixe e moluscos mortos deu à costa em Gaia, este sábado, tendo a capitania do Porto do Douro alertado para que a população não os consuma, já que se desconhece a causa da morte.

Segundo a RTP; cerca de 500 kg de pescado já foram retirados da praia de Valadares, havendo polvos de vários tamanhos, desde poucas gramas até 3kg. Os biólogos estranham a situação, uma vez que se trata de uma espécie só.

Em comunicado citado pela agência Lusa, a capitania do Porto do Douro anunciou que «por razões que se desconhecem, está a dar à costa na área do concelho de Vila Nova de Gaia, respectivamente entre as freguesias de Canidelo e Valadares, grande quantidade de peixe/moluscos mortos».

A capitania acrescenta ainda que «por se desconhecer até ao momento a causa da morte das diversas espécies, aconselha-se toda a população a não usar as referidas espécies para consumo humano»
.
A Câmara de Gaia, através do vice-presidente Marco António Costa, enviou para o local «os bombeiros municipais, solicitou às Águas de Gaia uma equipa de limpeza para recolher o peixe bem como técnicos do Parque Biológico para analisarem o peixe».

Fonte da Câmara de Gaia revelou ainda na Lusa que no meio dos peixes e moluscos mortos foi encontrada uma perna humana calçada com uma bota, tendo sido alertada a Polícia Judiciária para proceder à recolha da mesma.

Partilhar
EM BAIXO: Sociedade
Sociedade

EM MANCHETE
Só não houve prova numa escola
Ministério da Educação sublinha que «não pode deixar de lamentar» os casos «em que se registaram problemas»
RioForte avança com pedido de falência no Luxemburgo
BES contrata Deutsche Bank como conselheiro