Portugal surge este domingo e pela primeira vez na lista de países com «casos prováveis» de gripe A (H1N1) elaborada pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC), refere a Lusa.

A situação da mulher portuguesa de 30 anos cujas análises poderão ser conhecidas ainda hoje é referenciado pelo ECDC como «provável de infecção».

Recorde-se que na sexta-feira, a ministra da Saúde, Ana Jorge, adiantou que um teste realizado pelo Instituto Ricardo Jorge tinha dado positivo para o vírus da gripe tipo A não sazonal, aguardando-se os resultados dos testes realizados nos laboratórios da Organização Mundial de Saúde em Londres.

O Centro Europeu referencia 14 casos prováveis de infecção na Europa.