Jay-Z, o famoso rapper americano, lançou esta segunda feira o serviço de assinatura de música streaming (tecnologia que envia informações multimédia, através da transferência de dados) Tidal. O projeto conta com o apoio de vários artistas musicais como Rihanna, Kanye West, Nicki Minaj e a esposa, Beyoncé.

O rapper pretende competir com serviços de streaming já existentes como o Spotify, Pandora e até com o serviço de streaming da Apple esperado desde que a multinacional adquiriu a «Beats Music». Já em janeiro, Jay-Z tinha comprado, por 52 milhões de euros, a companhia   Aspiro que criou o Tidal e tem sede na Suécia.

«Queremos criar um melhor serviço e uma melhor experiência para os fãs e artistas. Acreditamos que é do interesse de todos - fãs, artistas e de toda a indústria - para preservar o valor da música e para garantir uma indústria saudável e robusta nos próximos anos», garante o artista, cujo nome verdadeiro é Shawn Carter.


Usher, Madonna, Arcade Fire, Daft Punk e Calvin Harris também fazem parte deste projeto, bem como Taylor Swift que anteriormente tinha afirmado que o serviço Spotify não dava valor aos artistas.

O serviço terá mais de 25 milhões de músicas e 75 mil videoclips, e está disponível em vários países, como Noruega, Suécia, Dinamarca, Alemanha, Polónia e Portugal. O custo em terras portuguesas é de 13,99 €/mês.