A incerteza criada pelo Brexit, a decisão do Reino Unido de abandonar a União Europeia, constitui o “principal risco” que a economia mundial tem de enfrentar nos próximos tempos, segundo o Fundo Monetário Internacional.

“Consideramos que a incerteza atual é, sem dúvida, o principal risco para a economia mundial”

O porta-voz da instituição, Gerry Rice, pediu aos líderes europeus e outros responsáveis para “estarem prontos para tomar medidas”, se necessário.

Veja o vídeo: impacto do Brexit para Portugal

Em conferência de imprensa, na sede do Fundo, em Washington, também anunciou que Angola desistiu de pedir ajuda ao FMI

O FMI divulgou hoje novas previsões de crescimento para os países. No caso de Portugal, reviu-as consideravelmente em baixa e deixou uma série de avisos e pedidos ao Governo.