O ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, disse esta terça-feira que o Governo está a trabalhar em conjunto com o Banco Europeu de Investimento (BEI) e com a restante banca, no âmbito das Redes de Nova Geração (RNG), para que seja possível lançar uma linha de crédito de 800 milhões de euros.

Na conferência de imprensa de apresentação do programa da Oni para o desenvolvimento das RNG, Mário Lino disse que o executivo português está «a cumprir os seus compromissos» relativamente a este protocolo e sublinha que «o plano [ao nível das linhas de crédito] está em marcha». Por isso, o Governo «vai tentar concretizar essa matéria com rapidez e empenho».

Mário Lino sublinhou ainda que o investimento em Redes de Nova Geração é «prioritário» para ajudar a enfrentar a crise e garantiu que a meta do Governo, no que diz respeito às RNG, passa por «ter todo o país coberto».

«Vamos ver o que os operadores fazem, mas o Governo vai estar atento para que todo o país seja coberto», sustentou.

O ministro que tutela as comunicações disse ainda que até ao final de 2009, o executivo quer «1,5 milhões de clientes ligados à internet através das Redes de Nova Geração».

Já o secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos, frisou que «não está em cima da mesa a possibilidade do Governo prestar garantias a estes investimentos».