A companhia farmacêutica e química alemã Bayer registou mais 58 por cento de lucros no quarto trimestre de 2008, apesar das difíceis condições do mercado, e espera crescer mais nalgumas das suas divisões em 2009, escreve a Lusa.

Em comunicado divulgado esta terça-feira, a empresa, com sede em Leverkusen, refere que o seu lucro bruto aumentou 58 por cento entre Outubro e Dezembro para 106 milhões de euros, em comparação com 67 milhões de euros no trimestre anterior.

Todavia, as vendas no quarto trimestre caíram 1,5 por cento, de 8 mil milhões para 7,9 mil milhões de euros.

Werner Wenning, o chefe executivo da companhia, manifestou confiança em 2009 apesar dos riscos substanciais para o desenvolvimento futuro da economia mundial.

«Esperamos aumentar mais as receitas em cuidados de saúde e ciência das culturas (que abrange protecção de culturas, biociências e ciências do ambiente), a par de uma redução substancial na dívida bruta», afirmou.

Companhia antecipa quebra nas receitas

Em contraste, a companhia antecipa uma quebra substancial nas receitas na área da ciência de materiais, que fabrica produtos como colas, vedantes e plásticos.