A Teixeira Duarte registou prejuízos de 349 milhões de euros em 2008, face aos lucros de 122 milhões registados em 2007, anunciou a empresa em comunicado.

A construtora diz ter sido penalizada «pelas desvalorizações dos activos financeiros disponíveis para venda em 390 milhões de euros». Recorde-se que a Teixeira Duarte tem participações financeiras estratégicas na Cimpor e no BCP, sem cujo impacto financeiro a empresa teria lucrado 40,3 milhões de euros.

O EBITDA subiu 66% para 187,8 milhões de euros, mas os resultados financeiros passaram de um lucro de 63,8 milhões de euros, em 2007, para um prejuízo de 598,3 milhões de euros, em 2008. Já o volume de negócios cresceu 28%.

As acções da Teixeira Duarte encerraram esta sexta-feira a cair 2,09% para 0,42 euros.