O BCP adquiriu, em apenas seis sessões, 12,6 milhões de acções próprias, anunciou o banco em comunicado.

As aquisições foram efectuadas entre os dias 20 de Fevereiro e 3 de Março, aproveitando a queda do preço das acções, que registam, este ano, a maior queda do índice PSI20, de cerca de 24%. Aliás, o BCP perdeu, em capitalização bolsista, cerca de mil milhões de euros desde o início de 2009.

No comunicado, o BCP explica que adquiriu um milhão de títulos no dia 27 de Fevereiro, sendo que no dia 2 de Março comprou mais 821 mil títulos e no dia 3 de Março mais 1,9 milhões de acções.

A estes valores, há que juntar os 8,9 milhões de acções que o banco adquiriu nos dias 20, 23 e 24 de Fevereiro.

No final destas compras, o BCP fica com 18 milhões de acções próprias.