A DECO recebeu queixas de clientes que acusam a Caixa Geral de Depósitos de lhes ter retirado dinheiro das contas sem o devido aviso, avança a TSF. A mesma quer a devolução destas verbas e que este dinheiro referente ao crédito bonificado à habitação possa ser pago em prestações.

A DECO recebeu cerca de meia centena de queixas de clientes da Caixa Geral de Depósitos por este banco ter retirado dinheiro das contas sem ter avisado previamente que o ia fazer, confirmou a Agência Financeira junto da associação.

O secretário-geral desta associação de consumidores não contesta o facto de ter havido um erro de cálculo nas contas com regime bonificado ao crédito à habitação o que obrigou a um ajuste, mas entende que mesmo assim a CGD teve um comportamento «desumano».

Contactada pela AF, fonte oficial da CGD diz que «a situação criada pelo automatismo de débito único no montante do diferencial da regularização de bonificações, foi rapidamente resolvida pela CGD através da reposição dos montantes cobrados».

O banco adiantou ainda que «as formas de liquidação serão agora acordadas individualmente com os clientes facultando até a possibilidade de pagamentos diferenciados sem juros».