O presidente do BPP adiantou esta segunda-feira aos representantes de uma das associações de clientes do banco que é possível, num prazo mais alargado, estes virem a recuperar o capital aplicado em produtos de retorno absoluto, mais «alguma remuneração».

«[O presidente do Conselho de Administração (CA) do BPP, Adão da Fonseca] transmitiu-nos a confiança de que é possível encontrar soluções para garantir às pessoas, num prazo que estamos a estudar e a analisar, o capital [investido] mais alguma remuneração», disse à agência Lusa Jaime Antunes, à saída de uma reunião com a administração do BPP.

Jaime Antunes disse que representa uma nova associação, a Privado Clientes, criada quinta-feira, composta por «umas dezenas de clientes, entre 30 e 40 clientes», mas cujo número cresce de dia para dia.

Associação não procura, para já, soluções judiciais

«Temos clientes que são fundamentalmente clientes do retorno absoluto, alguns têm outras coisas além disso, mas agora estamos a tratar fundamentalmente das pessoas que aqui aplicações na área do retorno absoluto. Isso é que é prioritário e urgente tratar», disse Jaime Antunes.

Para os elementos da nova associação, a resolução do problema passa por «uma postura de colaboração» e, para já, nada de soluções judiciais.

Santos Ferreira não vai ajudar

«Quem está a propor soluções do tipo tribunais, achamos que é muito cedo. Obviamente, cada cliente é livre de defender os seus interesses da maneira que entender, mas achamos que é muito importante haver um trabalho conjunto desta associação com a administração para que a partir daqui, num prazo não muito longo, surjam soluções para defender os interesses dos clientes do retorno absoluto, de imediato», disse à Lusa Jaime Antunes.

Encontros serão semanais

Para isso, os clientes representados pela nova associação estão dispostos a «ser flexíveis nos prazos», mas não no capital investido.

Clientes tratados como «portugueses de 2ª»

Jaime Antunes disse que esta foi a primeira reunião da nova associação com o presidente do CA, Adão da Fonseca, e o administrador para a área comercial, João Ermida, mas que os encontros terão «um carácter semanal». A próxima reunião, disse, é na sexta-feira.

Os clientes representados pela nova associação, referiu também Jaime Antunes, têm situações muito diversas.