A juventude e a cultura pop são celebradas na II edição do Porto/Post/Doc, um festival de cinema dedicado ao documentário, que arranca esta terça-feira no Porto. Até ao próximo dia 8, o certame vai apresentar 66 filmes de 26 nacionalidades, com 44 estreias nacionais e 11 estreias mundiais.

O Porto/Post/Doc vai passar uma média de sete a oito filmes por dia, em dois dos maiores espaços culturais do Porto - o Teatro Municipal Rivoli e o Cinema Passos Manuel -, e nos Maus Hábitos.

Na programação destaque para uma homenagem à realizadora belga Chantal Akerman, que morreu em outubro, em Paris, uma secção de “Cinema Falado”, dedicado à língua portuguesa e a secção “Transmission”, dedicada ao mundo da música. 

O festival tem ainda uma secção competitiva, com 12 filmes em concurso. O Grande Prémio Porto/Post/Doc vale prémio de dois mil euros.

O festival conta com um investimento de 150 mil euros e o apoio da Câmara do Porto.