A convergência das pensões aprovada em Conselho de Ministros e a requalificação dos funcionários públicos foram os dois temas quentes desta quinta-feira que estiveram em debate na TVI24. O antigo ministro da Segurança Social não poupou críticas ao Executivo social-democrata. O socialista Vieira da Silva considera inaceitável cortar pensões já atribuídas.

O antigo ministro da Segurança Social critica também a nova proposta de lei de mobilidade que encara como um desafio ao tribunal constitucional.

Nova proposta de lei de mobilidade «quase parece um desafio ao tribunal constitucional», disse.

O antigo ministro acrescenta: «mais parece a procura de um álibi para a incapacidade do governo»

Na antena da TVI24, Vieira da Silva defende que «é absolutamente inaceitável cortar pensões já atribuídas».