Marco António Costa diz que maio de 2014 será o fim do resgate financeiro. Em entrevista à TVI24, nesta terça-feira, o vice-presidente do PSD não avança a forma de sair do programa mas diz que se os socialistas não querem ajudar que pelo menos não estorvem.

«Maio de 2014 será o fim do resgate financeiro e o regresso a mercados», lembrou o social-democrata, acrescentando: «Se o PS não quer colaborar pelo menos que não estorve.»