As câmaras das três capitais de distrito do Alentejo, Beja, Évora e Portalegre, vão dar tolerância de ponto aos funcionários na terça-feira de Carnaval, a 04 de março, disseram hoje à Lusa fontes das autarquias.

A maioria CDU no executivo da Câmara de Beja decidiu dar tolerância de ponto aos funcionários na terça-feira de Carnaval «em respeito pela tradição», segundo o vice-presidente da autarquia, Vítor Picado.

A Câmara de Évora, também liderada pela CDU, além de dar tolerância de ponto aos seus funcionários na terça-feira de Carnaval, decidiu dispensar metade dos trabalhadores na véspera, segunda-feira, 03 de março, e os restantes na quarta-feira, 05 de março, disse fonte do município.

Segundo a fonte da Câmara de Évora, os vários departamentos da autarquia estão a definir quais os funcionários que irão trabalhar e quais os que terão dispensa na segunda e na quarta-feira para que os serviços não parem nos dois dias.

A maioria no executivo da Câmara de Portalegre, eleita pelo movimento Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP), também pretende dar tolerância de ponto aos funcionários na terça-feira de Carnaval, disse fonte do município.

Segundo a mesma fonte, a proposta de tolerância de ponto vai ser discutida «dentro de dias» em reunião de câmara e deverá ser aprovada, pelo menos, pela maioria dos eleitos pela CLIP.

O Governo (PSD/CDS) decidiu não dar tolerância de pronto na terça-feira de Carnaval aos funcionários públicos da administração central, pelo menos, durante a aplicação do Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal.

Já a tolerância de pronto na terça-feira de Carnaval para os funcionários públicos da administração local está dependente de decisão dos executivos das câmaras municipais.

Governo dos Açores também dá tolerância

Os trabalhadores da administração pública regional dos Açores também vão ter tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval, 04 de março, informou hoje o Governo Regional.

Além disso, na ilha Terceira, há ainda tolerância de ponto na tarde de 03 de março e na manhã de quarta-feira, dia 05 de março.

A tolerância de ponto na Terceira é justificada, num despacho do presidente do executivo açoriano, Vasco Cordeiro, pela «especificidade, importância e período tradicional de realização de danças e bailinhos característicos da ilha», segundo um comunicado oficial hoje divulgado.