O primeiro-ministro desceu esta sexta-feira ao fundo da Mina de Neves Corvo para assinalar a extensão do empreendimento. Trata-se de um investimento de quase 200 milhões de euros permitirá a criação de 200 postos de trabalho nos próximos anos.

Pedro passo Coelho testemunhou como é o dia-a-dia de uma das maiores minas da Europa, onde trabalham cerca de 300 funcionários.

Até 2027 deverão ser extraídas mais de 200 mil toneladas de cobre.