«O PM faz coro com o Paulinho dos sinais, a Marilú das melhoras, ou o Pires das retomas. Todos antecipam - surpresa! - menos fisco no ano das próximas eleições. Entretanto, dedicam-se à extorsão de estado sobre uma economia verdadeiramente de quatro. O governo percebe um doce milagre? Pois limita-se a fazer gato-sapato dos cidadãos.»