«Esforçadinho até dizer chega, Tozé Seguro abandona um prolongado silêncio. Esteve três semanas sem dar uma para a caixa, como se fosse natural o chefe da oposição, e vencedor das últimas eleições, não mostar rumo nem rasgo político. Vamos insistir: qual é a alternativa de governo do PS?»