Uma dezena de pessoas do movimento «Que se lixe a troika» interrompeu esta noite o discurso da ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, em Gaia com as palavras «demissão», «assassinos» e «Governo para a rua».

Paula Teixeira da Cruz tinha começado a discursar em mais uma sessão do Clube dos Pensadores, em Gaia, quando uma dezena de pessoas começou a gritar palavras de ordem, empunhando cartazes onde se podia ler «Que se lixe a troika».

Os protestos não chegaram a durar cinco minutos e os manifestantes acabaram por abandonar a sala, apesar de a ministra se ter aproximado dos mesmos e dito «têm todo o direito de estar aqui» e «são muito bem-vindos».

O debate prossegue em Gaia com a ministra a anunciar que «o Ministério da justiça esgotou todas as medidas do memorando da troika».