O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa, apelou hoje à participação dos portugueses nas eleições europeias, sublinhando que o resultado final deste ato eleitoral poderá ser importante para a defesa dos interesses de Portugal.

«São eleições que têm influência porque há políticas que são determinadas no Parlamento Europeu. Quantos mais deputados nacionais elegermos, melhor será do ponto de vista da defesa do interesse nacional do nosso povo», afirmou aos jornalistas Jerónimo de Sousa, após ter votado, em Pirescoxe, Loures

Nesse sentido, o secretário-geral do PCP, que exerceu o seu direito de voto nas instalações do Grupo Desportivo de Pirescoxe, manifestou confiança na adesão às urnas dos portugueses.

«Estou confiante de que o povo português use este direito democrático de votar e confiante de que com o seu voto correspondam também às suas aspirações e aos seus interesses», apontou.

Na sua declaração aos jornalistas, Jerónimo de Sousa comentou ainda a realização no dia de hoje, em Sintra, de uma conferência mundial do Banco Central Europeu, criticando o facto de ocorrer no dia das eleições europeias.

A partir de hoje e até terça-feira vão passar pelo «ECB Forum on Central Banking», em Sintra, dezenas de economistas e responsáveis internacionais: o presidente do BCE, o italiano Mario Draghi, vai abrir os trabalhos esta tarde e vai ter mais duas intervenções ao longo da conferência. Também hoje, a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), a francesa Christine Lagarde, vai apresentar um discurso no jantar de hoje.

«As eleições e o quadro em que se realizam devem ser o mais transparente, sem pressões, sem ingerências diretas ou indiretas e faço votos para que isso aconteça», defendeu.