PS e CDS acusam o presidente da Câmara de Viseu de andar a «comprar votos».

As acusações baseiam-se num donativo que Fernando Ruas ofereceu à paróquia de São João de Lourosa, no passado domingo.

Ruas entregou um cheque de sete mil euros a paróquia do concelho e tanto socialistas como democratas-cristãos entendem que o protocolo assinado foi um ato de campanha do PSD.

A distribuição dos apoios teve início este mês. O munícipe de Viseu assegura que a data escolhida para a entrega das quantias nada tem a ver com o período de campanha autárquica.

Fernando Ruas diz que este foi um dos muitos apoios que ainda tem para entregar pelas várias instituições do concelho.

Só em São João de Lourosa, cerca de 46 mil euros foram distribuídos pelas várias associações da freguesia.