Um grupo de pessoas realizou esta sexta-feira um protesto silencioso nas galerias da Assembleia da República, com cartazes onde se lia «Trabalhar até morrer não!».

A polícia retirou os cartazes aos manifestantes e expulsou-os do local.

Um dos cartazes foi atirado para a bancada dos deputados do PSD.

Durante o protesto, a presidente da AR, Assunção Esteves, voltou a frisar que este tipo de protestos não são permitidos no plenário.