O PSD vai propor, com o acordo do PS e do CDS-PP, José António Pires Teles Pereira para o Tribunal Constitucional, substituindo o juiz José da Cunha Barbosa, disse à Lusa fonte do grupo parlamentar social-democrata.

O nome para a eleição, que está marcada para o dia 3 de julho, tinha de ser apresentado até sexta-feira, dia 26 de junho.

José Teles Pereira será votado pelos deputados para substituir o juiz conselheiro José da Cunha Barbosa que comunicou, no dia 12 de junho, a sua renúncia, por razões de saúde.

O juiz proposto pelo PSD foi diretor-geral do Serviço de Informações de Segurança entre 2001 e 2003, tendo sido diretor-geral adjunto do mesmo serviço entre 1997 e 2000, segundo informa o currículo divulgado pelo PSD.

José Teles Pereira tem 58 anos e é juiz desde 1984 e juiz desembargador desde 2005, tendo sido assessor no Tribunal Constitucional em duas ocasiões: junto do conselheiro José de Sousa Brito (1994 a 1996), e do então vice-presidente Rui Moura Ramos (entre 2003 e 2006).

Foi vogal da comissão de Liberdade Religiosa, nomeado pelo ministro da Justiça, entre 2007 e 2010, e membro da comissão de revisão das expropriações entre 2012 e 2013, indicado pelo Conselho Superior da Magistratura.