O Tribunal Constitucional (TC) aprovou a alteração da designação pedida pelo partido LIVRE, que passa a chamar-se LIVRE/Tempo de Avançar, e cuja sigla nos boletins de voto será “L/TDA”, lê-se no acórdão disponibilizado no ‘site’ do TC.

A 23 de abril o partido LIVRE pediu uma alteração dos estatutos ao TC, nomeadamente a alteração do nome para LIVRE/Tempo de Avançar, que resulta da convergência com a candidatura cidadã “Tempo de Avançar”, formalizada a 31 de janeiro em convenção.

O partido requereu ainda a alteração, para “L/TDA”, da sigla que constará nos boletins de voto, nota a Lusa.

O acórdão número 283/2015, datado de 20 de maio, aceita e regista as alterações pedidas pelo partido liderado por Rui Tavares, com parecer favorável do Ministério Público.

A alteração do nome foi aprovada por unanimidade durante o II Congresso do partido LIVRE que decorreu a 19 de abril.