A sessão cívica promovida pelo ex-Presidente da República Mário Soares «em defesa da Constituição» vai repetir-se na próxima terça-feira em Coimbra, juntando «históricos» como o social-democrata Barbosa de Melo e os socialistas António Arnaut e Manuel Alegre.

Se a iniciativa de Mário Soares se realizou no ano passado por duas vezes na Aula Magna da Universidade de Lisboa, também agora, em Coimbra, a sessão «Em defesa da Constituição, da democracia e do Estado social» terá como palco a Reitoria da Universidade de Lisboa.

Em declarações à agência Lusa, António Arnaut, antigo ministro dos Assuntos Sociais de Mário Soares, que será o primeiro orador da sessão, referiu que esta conferência juntará personalidades «desde o espaço da democracia cristã até ao PCP e Bloco de Esquerda».

Após a intervenção de António Arnaut, usará da palavra o antigo presidente da Assembleia da República e «histórico» militante social-democrata António Barbosa de Melo, seguindo-se intervenções de Catarina Isabel Martins (professora universitária e militante do Bloco de Esquerda), de Jorge Gouveia Monteiro (militante do PCP), de José Dias (independente), do ex-candidato presidencial Manuel Alegre e do democrata-cristão Manuel Ferreira Ramos.

Entre os promotores da sessão estão o constitucionalista Joaquim Gomes Canotilho, o antigo reitor da Universidade de Coimbra Rui Alarcão, o médico Agostinho Almeida Santos, o ex-líder parlamentar do Bloco de Esquerda José Manuel Pureza, a sindicalista Fátima Carvalho, o professor universitário Reis Torgal, o ex-deputado do PSD Jaime Ramos e o «histórico» socialista António Campos.

António Arnaut o teor desta sessão será apresentado publicamente na quarta-feira, durante uma conferência de imprensa no Café de Santa Cruz.