O Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella, inicia esta quarta-feira em Lisboa uma visita oficial de dois dias a Portugal, cujo programa inclui encontros com as autoridades portuguesas e a distinção como doutor ‘honoris causa’ pela Universidade do Porto.

A visita de Sergio Mattarella a Portugal decorre a convite do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e “permitirá aprofundar os laços de amizade e cooperação entre os dois países em todas as suas dimensões”, segundo uma nota publicada na página oficial da Presidência.

Os dois chefes de Estado já se reuniram em maio de 2016, quando o Presidente português realizou uma visita oficial a Itália, também de dois dias.

A deslocação de Sergio Mattarella inicia-se, hoje de manhã, com uma receção por Marcelo Rebelo de Sousa, com honras militares, na Praça do Império, seguindo-se a deposição de uma coroa de flores no túmulo de Luís Vaz de Camões, no Mosteiro dos Jerónimos.

Os dois presidentes reúnem-se depois no Palácio de Belém, antes de Mattarella seguir para o Palácio das Necessidades, para um almoço com o primeiro-ministro, António Costa.

Ao início da tarde, será recebido pelo presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, visitando em seguida a Fundação Champalimaud.

Por fim, o Presidente italiano participa num jantar oficial oferecido pelo Presidente da República no Palácio Nacional da Ajuda.

Já na quinta-feira, Sergio Sergio Mattarella estará no Porto, onde será recebido na Câmara Municipal.

Em seguida, será distinguido com o título de doutor ‘honoris causa’ pela Universidade do Porto, numa cerimónia em que estará presente Marcelo Rebelo de Sousa.

O presidente do município do Porto, Rui Moreira, oferece um almoço no Palácio da Bolsa, com empresários italianos e portugueses.

O programa termina com uma visita, a pé, à Igreja de S. Francisco e com um passeio pela Ribeira.