O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, apresenta na sexta-feira, no Porto, as linhas estratégicas políticas da sua candidatura ao cargo de secretário-geral do PS, disse hoje à agência Lusa fonte oficial do dirigente socialista.

A sessão de apresentação das linhas estratégicas do autarca de Lisboa vai decorrer na Fundação Eugénio de Almeida, pelas 18:00 horas.

Esta semana, em entrevista à TVI, António Costa defendeu que, independentemente de hoje, em reunião da Comissão Política do PS, ser aprovado um processo de eleições primárias abertas a simpatizantes, tendo em vista a escolha do candidato socialista a primeiro-ministro, o seu partido não pode prescindir da realização de um congresso extraordinário.

António Costa entende que só num congresso extraordinário pode aprovar uma nova orientação estratégica política do seu partido.

No sábado passado, durante a última reunião da Comissão Nacional do PS, António Costa requereu a realização no prazo de 15 dias de uma nova reunião deste órgão máximo entre congressos dos socialistas, para que se realizem eleições diretas dos militantes para a escolha do secretário-geral e um congresso extraordinário.

De acordo com os estatutos do PS, sem ser por iniciativa do secretário-geral, António José Seguro, um congresso extraordinário pode ser convocado por proposta aprovado em Comissão Nacional, ou por requerimento de mais de 50 por cento das federações desde que representem mais de metade do total de militantes do PS.