Governo tem «obrigação»