António José Seguro considera que «já não basta apenas mudar de política» e que «o país também precisa de ter um Governo competente, coeso e confiável».

O líder socialista disse, em Vila Nova de Foz Côa, no jantar de apresentação do candidato à Câmara local, Fernando Girão, ser necessário que «os portugueses olhem para o Governo, para o primeiro-ministro, para os líderes do Governo e acreditem na sua palavra».

«Pergunto-vos: acham que algum português olha hoje para o Governo e acredita na palavra dos principais líderes? É possível acreditar na palavra de alguém que promete uma coisa e faz outra?», questionou.

Na sua intervenção, escutada por mais de 600 pessoas, Seguro disse que o país está perante uma crise social e uma crise económica, tendo o Governo juntado a estas duas crises «uma crise política desde, pelo menos, setembro do ano passado».

«O que o nosso país precisa é de um Governo que fale verdade aos portugueses, que não ignore nenhum problema, que não esconda nenhuma dificuldade, que diga aos portugueses a verdade, que fale com transparência, que diga que o caminho é difícil, é exigente, mas é possível, se soubermos ter prioridades, se apostaremos no emprego, se apoiarmos as nossas empresas», sustentou.

Na opinião de Seguro «só com riqueza» é que o país pode progredir e pagar a dívida, só criando riqueza é que os portugueses poderão vencer os desafios e as dificuldades.