A lista para o Secretariado Nacional do PS proposta pelo líder socialista, António Costa, apresenta dez novos nomes num total de 15 e nenhum deles é membro do Governo, disse à agência Lusa, nesta quarta-feira, fonte partidária.

O Secretariado Nacional do PS é o órgão de direção do partido, liderado por António Costa e pela sua adjunta Ana Catarina Mendes, e é hoje eleito na primeira reunião da Comissão Nacional após o congresso socialista, que se realizou entre 3 e 5 de junho na FIL, em Lisboa.

Esta lista representa uma grande renovação, mostra a unidade no PS e segue a linha de que há partido para além do Governo", disse a fonte da direção dos socialistas.

Entre os novos nomes estão o presidente da Câmara de Gaia, Vítor Hugo Rodrigues, o professor universitário Pena Pires, e o deputado (ex-membro da direções António José Seguro) Eurico Brilhante Dias.

Entram também no órgão de direção de António Costa o deputado Filipe Neto Brandão (Aveiro), o advogado José Manuel Mesquita, o membro do Governo Regional dos Açores Francisco César, o antigo líder da JS (e ex-alto comissário para as migrações) José Leitão, o ex-líder do PS/Viseu João Azevedo e a psicóloga e mestre em medicina Susana Ramos.

Mantêm-se na direção do PS o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, a sindicalista e deputada Wanda Guimarães, a ex-governadora civil de Faro Isilda Gomes e a deputada Maria Luz Rosinha e a autarca da Amadora Carla Tavares.

Saem do Secretariado Nacional do PS elementos como Bernardo Trindade, os secretários de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, e da Administração Interna, Jorge Gomes, assim como o deputado Sérgio Sousa Pinto.

Abandonam também este órgão a secretária de Estado Graça Fonseca, o constitucionalista Pedro Bacelar, o vereador da Câmara do Porto Manuel Pizarro e a autarca de Abrantes Maria do Céu Albuquerque.

Têm inerência no Secretariado Nacional do PS o presidente do Grupo Parlamentar, Carlos César, o diretor do gabinete de estudos, João Tiago Silveira, e a diretora do Ação Socialista, Edite Estrela.

Entre os inerentes da direção do PS estão ainda o líder da JS, João Torres, e a presidente do Departamento Nacional de Mulheres Socialistas, Elza Pais.

Como secretário nacional adjunto foi colocado Hélder Guerreiro, que é vice-presidente da Câmara Municipal de Odemira.