Ex-SCUT: galegos pedem a intervenção do governo espanhol

O presidente do Governo Regional da Galiza, Alberto Núnez Feijóo pedem aos dois governos para «falarem»

Por: Redação / CF    |   20 de Janeiro de 2012 às 20:05
O presidente do Governo Regional da Galiza, Alberto Núnez Feijóo (PP), apelou à intervenção do Executivo de Madrid junto do Governo de Portugal para alertar sobre o efeito das portagens na economia da região.

«Vou tentar que o governo actual de Madrid faça chegar a Lisboa os problemas que estamos a ter em algo fundamental como é poder pagar», apontou o líder galego, em entrevista a uma rádio galega que a Lusa cita.

A crítica mantém-se sobre a forma de pagamento dos cidadãos galegos que tentam percorrer as antigas SCUT do Norte do País, sistema considerado «discriminatório» entre utilizadores portugueses e estrangeiros.

«O lógico era que os governos de Espanha e de Portugal falassem dos temas que afectam os seus cidadãos. Nas portagens, com o governo socialista [espanhol] anterior, o tema foi levantado pela Galiza e não por Madrid», afirmou Feijóo.
PUB
EM BAIXO: scut
scut
COMENTÁRIOS

PUB
Grécia pode receber créditos de emergência para evitar "crise humanitária"

Presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, admite conceder créditos de emergência ao país helénico como medida de transição. Schulz diz que Alexis Tsipras conduziu os gregos a um beco sem saída, mas que a população "não tem culpa disso". Na véspera da realização do referendo que pode ditar o futuro da Grécia, o clima de tensão mantém-se. O ministro das Finanças alemão admite que os gregos poderão estar a escolher entre o euro e o dracma. Já Yanis Varoufakis diz que o que a Europa está a fazer à Grécia é "terrorismo"