depois de ter chegado a ser de 22 horas entre 25 e 27 de dezembro

«um número inusitado de doentes»

contratar «de imediato» dez médicos