É um dos possíveis candidatos às eleições presidenciais, mas mantem que só anuncia uma decisão depois das eleições legislativas.
 
Numa entrevista ao «Diário de Notícias, Pedro Santana Lopes diz sonhar com várias candidaturas e avança com um nome: Paulo Portas.
 

«Há muito tempo que sempre tive essa ideia. Não excluo de todo que possa ser um dos candidatos a Belém e isso contribuirá para que possa haver várias candidaturas à direita e à esquerda na primeira volta, o que é o meu sonho há muitos anos».

 
Já sobre Marcelo Rebelo de Sousa, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa não tem qualquer dúvida que avançará.
 

«Objetivamente que é candidato ou pré-candidato. Sobre isso, quem queira ignorar isso… Se votaria nele? Não sei, dizer o voto à partida… Não sei».

 
E o próprio Santana Lopes? Será candidato? «Se eu chegar à altura, e para mim a altura é depois de outubro, e sentir que há um chamamento…», respondeu.
 
Sobre as eleições legislativas, o antigo primeiro-ministro não antevê quem as vencerá e diz que nem Passos Coelho nem António Costa apresentaram ainda um projeto para o futuro.