"A confirmarem-se estes dados e as projeções a que temos acesso, nós somos a novidade da política portuguesa, a candidatura Livre/Tempo de Avançar será a novidade na próxima Assembleia da República", afirmou Rui Tavares perante uma sala cheia de apoiantes que muito o aplaudiram no Teatro Maria Matos, em Lisboa.




"É necessário que todos os atores políticos, a começar pelo Presidente da República, tomem bem nota desta realidade", acrescentou.

"Nós seremos a esquerda convergente, consequente e responsável e achamos que toda a esquerda tem de ser coerente, consequente e responsável com esta possibilidade de acabar com as políticas de austeridade", realçou o candidato, tendo acrescentado que a esquerda se deve sentar à mesa.