Manuel Sampaio Pimentel (CDS/PP), ex-vereador de Rui Rio na Câmara do Porto, é o número dois do candidato independente Rui Moreira à autarquia portuense numa lista para «governar a cidade» que inclui Guilhermina Rego e Paulo Cunha e Silva.

«Isto não é uma lista de faz de conta, não é uma lista de amigos e não é uma lista de Big Brother. É uma lista de pessoas que, pelas provas dadas, vão ser capazes de governar a cidade¿, frisou Rui Moreira, depois de entregar em tribunal o dossiê de candidatura composto por «mais de 300 membros» e «20 mil assinaturas» portuenses.

Guilhermina Rego, a vereadora de Rui Rio que na quinta-feira anunciou a desfiliação do PSD, ocupa o terceiro lugar da lista de Moreira, seguindo-se Paulo Cunha e Silva, ex-programador da Porto 2001 ¿ Capital Europeia da Cultura.

Diretor regional do Porto da Segurança Social desde 2011, Manuel Sampaio Pimentel foi uma «escolha individual» de Rui Moreira, que vê no cargo ocupado pelo militante do CDS/PP «garantias para o primeiro pilar» da sua candidatura, a coesão social.

«É uma escolha minha», frisou Moreira, quando questionado sobre se Sampaio Pimentel no segundo lugar da lista implicava algum acordo com o CDS/PP, partido que rompeu uma coligação de 12 anos com o PSD no Porto e já manifestou apoio oficial ao independente.

«Sampaio Pimentel foi das pessoas mais ativas no nosso primeiro manifesto. Mais do que isso, disse que qualquer que fosse a posição do seu partido apoiaria Rui Moreira. Há coisas que a gente não esquece. Merece-me toda a minha confiança por tudo o que tem feito na vida, pela postura que tem e pela função que exerce na Segurança Social, o que também nos dá garantias para aquele que é o primeiro pilar da nossa candidatura», afirmou Moreira.

Cristina Pimentel, «vereadora da oposição no primeiro mandato de Rui Rio», eleita pela candidatura do socialista Fernando Gomes, é o número seis da lista de Moreira, um lugar que o candidato considera «elegível» e que aponta como exemplo de diversidade quando questionado sobre a escolha de vários elementos da equipa do atual presidente da Câmara.

«São pessoas que se identificam connosco e em que nos revemos e que, pela sua experiência, mostram que são capazes de levar a cabo o governo da cidade», sublinhou.

Rui Moreira aponta como exemplo Paulo Cunha e Silva, devido ao «envolvimento que teve com Porto 2001, com o que fez no Ministério da Cultura e na Embaixada Portuguesa em Itália».

O arquiteto Rui Loza, coordenador do processo de candidatura do Porto a Património Mundial da Humanidade, que enquanto representante do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) trabalhou com Moreira na Sociedade de Reabilitação Urbana do Porto quando este foi presidente daquela entidade, ocupa o sétimo lugar da lista à autarquia.

Francisco Ramos, líder da concelhia do PSD/Porto entre 2004 e 2005 e diretor de campanha de Rui Rio nas autárquicas que lhe deram maioria absoluta (2005) ocupa o 13º lugar da lista de candidatos à Câmara do Porto.

Encabeçada por Daniel Bessa, a lista de Moreira à Assembleia Municipal (AM) do Porto tem como número dois André Noronha, deputado do CDS/PP naquele órgão autárquico, eleito nas listas de Rui Rio.

Seguem-se Ana Teresa Lehman, também mandatária do independente para a Economia, Emprego e Inovação e Miguel Pereira Leite, atualmente secretário da mesa da AM, também eleito nas listas de Rui Rio.

Miguel Gomes e Adriana Aguiar Branco são outros dos candidatos à AM, adiantou fonte da candidatura de Moreira.