disponibilizou

A posição de Lisboa "foi alterada por causa da senhora Merkel (chanceler alemã), que, felizmente, teve uma posição muito clara e muito decidida e rapidamente mudou a perceção do nosso primeiro-ministro. [Passos Coelho] veio fazer as declarações certas no sentido de disponibilizar o país para receber refugiados, e tomar ações nesse sentido".








mais de 3.000 refugiados