Para os devidos efeitos, o GOVERNO SOMBRA informa todos os eleitores do país que estará em directo, no Jornal da Uma, este sábado, dia de reflexão, para reflectir.

Como  todos sabem, o dia de reflexão tem sido entendido como um momento de silêncio. Ora, no entender do Governo Sombra, a reflexão silenciosa não cumpre o desígnio pretendido pelo dia de reflexão. Só quando verbaliza a reflexão que levou a cabo é que o cidadão indica que reflectiu. Caso contrário, os eleitores podem, para todos os efeitos, não reflectir, ou ocupar-se a reflectir sobre temas acerca dos quais não se deseja que reflictam. Tomando a sério a ordem de profunda reflexão nacional, os ministros do Governo Sombra vão dar o exemplo empreendendo várias reflexões em voz alta.

Com grande responsabilidade e a máxima liberdade, o Governo Sombra de Portugal informa ainda que, mais tarde, vai produzir mais reflexões em direto do Teatro S.Carlos.