As primeiras projeções dão uma vitória sem maioria à coligação Portugal à Frente nestas eleições legislativas. Depois da PAF falar em "grande vitória", foi a vez do PS. O diretor de campanha Duarte Cordeiro admitiu que o seu partido não atingiu os objetivos a que se propôs, mas também quis refrear os ânimos da coligação.

"A confirmarem-se os resultados projetados, o PS não atingiu os seus objetivos, não obteve a maioria que desejava. A confirmarem-se, não haverá maioria parlamentar para nenhuma das candidaturas nestas eleições".

Duarte Cordeiro chamou a atenção, ainda, para o facto de a PAF não ter maioria absoluta como há quatro anos tiveram PSD e CDS-PP juntos: "A coligação perdeu a maioria ficando agora em minoria". 

O Partido Socialista quer aguardar por resultados oficiais e diz que "continua e continuará a ser o grande partido do referencial da Democracia" em Portugal. 

O diretor de campanha felicitou, ainda, os portugueses pela participação nestas eleições. "É muito positivo que a abstenção tenha diminuído".