O deputado do PSD Adão Silva desejou hoje "que o PS dê os parabéns" a executivo, portugueses e empresas pelos números do emprego divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística no debate parlamentar de urgência de quinta-feira.

"Esperamos que sejam postas em evidência duas questões: por um lado, que o PS dê os parabéns ao Governo, aos portugueses, às empresas porque o emprego está a crescer e o desemprego a diminuir e, por outro lado, que tome nota de que o quadro macroeconómico que definiu recentemente - desemprego de 13,6% - será muito menos, pois os atuais dados demonstram que estamos a caminho daquilo que foi definido pelo Governo - 13,2%", afirmou, nos passos perdidos do parlamento.

O grupo parlamentar socialista agendou para quinta-feira um debate urgente sobre "Situação laboral, emprego e desemprego". Hoje, o INE estimou provisoriamente uma taxa de desemprego de 13,5% em março, menos 0,1 pontos percentuais do que em fevereiro e menos 1,2 pontos percentuais face ao período homólogo.

Segundo Adão Silva, "são números que dão grande confiança", uma vez que, "nos três primeiros meses de 2015, o desemprego vem sempre a cair - janeiro com 13,8%, fevereiro com 13,6% e março com 13,5%".

"Quando comparado março de 2015 com março de 2014, verificamos que há uma criação de cerca de 35 mil novos empregos", destacou ainda o parlamentar social-democrata.