O Partido Socialista Europeu (PSE) congratulou-se, esta terça-feira, com “o acordo histórico” entre os partidos políticos portugueses de esquerda e exortou o Presidente da República a dar ao PS um mandato para formar Governo.

Os Socialistas Europeus assinalam que, nas eleições legislativas de 04 de outubro passado, “uma vasta maioria dos portugueses deram uma vantagem decisiva aos partidos de esquerda, mas o Presidente português, Cavaco Silva, preferiu dar à coligação conservadora minoritária o direito de formar Governo”, tendo o seu programa sido hoje “obviamente rejeitado” no parlamento.

“Após quatro anos de austeridade, é agora altura de dar uma hipótese a um governo progressista. Instamos Cavaco Silva a ouvir a voz do povo e a dar um mandato ao Partido Socialista – apoiado pelos partidos de esquerda – para formar um Governo que possa dar estabilidade e crescimento a Portugal”, conclui o comunicado divulgado hoje ao início da noite pelo PSE.


A moção de rejeição do PS ao Programa de Governo foi hoje aprovada na Assembleia da República com 123 votos favoráveis de socialistas, BE, PCP, PEV e PAN, o que implica a demissão do executivo PSD/CDS-PP.