"Não vejo diferenças entre Rui Rio e o Governo", é assim que Paulo Ferreira resume a entrevista de Rui Rio no Jornal das 8 desta terça-feira. O comentador da TVI24 afirma que foram vários os temas, como a política orçamental, as empresas e o salário mínimo, em que o líder do PSD pareceu colocar-se próximo do discurso governativo do primeiro-ministro. Um dos temas destacados foi a recuperação do tempo de serviço dos professores, Rio disse que caminharia para uma solução de equilíbrio, algo que o Governo pretende desde o início, acrescenta Paulo Ferreira.

Tendo em conta este discurso, Paulo Ferreira defende que o líder da oposição tem ainda um longo caminho a percorrer até se tornar uma alternativa clara ao Governo liderado por António Costa, de forma a conquistar o eleitorado do centro político. 

Rui Rio ainda tem um longo caminho a fazer para se tornar uma alternativa", afirma Paulo Ferreira

Por outro lado, António Costa destaca a postura "sem filtros" Rui Rio mostrou durante toda a entrevista. O comentador TVI24 diz que Rui Rio tentou enfatizar tudo o que já tinha dito na campanha para a liderança do partido: "as diferenças na política económica em relação ao governo". 

O registo de Rui Rio foi: quem quer quer, quem não quer não compra", disse o comentador da TVI24 António Costa

O comentador destacou ainda um dos pontos em que se tornou clara a diferença entre Rui Rio e António Costa, a questão das 35 horas de trabalho. O líder do PSD considerou esta decisão um erro e "se chegar ao governo poderá avaliar viabilidade da reposição das 40 horas semanais".