PSD e PS chegaram esta sexta-feira a acordo para a designação dos dois elementos para preencher o Conselho de Fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP), órgão presidido pelo ex-vice-presidente social-democrata Paulo Mota Pinto.

Fonte parlamentar disse à agência Lusa que o PS indicou para o Conselho de Fiscalização do SIRP o seu vice-presidente da bancada Filipe Neto Brandão para substituir o atual ministro da Cultura, João Soares, enquanto o PSD escolheu o dirigente social-democrata António Rodrigues para preencher a saída do procurador José António Branco.

Estes dois elementos do Conselho de Fiscalização do SIRP serão eleitos no próximo dia 15 pela Assembleia da República, tendo de obter uma maioria de dois terços de votos favoráveis entre os 230 deputados.