São, para já, perto de 100 os militantes que se querem juntar à corrente do socialista Francisco Assis e o encontro está previsto para o próximo sábado, na Mealhada. O objetivo é preparar o próximo congresso e uma eventual candidatura alternativa a António Costa.
 
Francisco Assis não concorda com o rumo que o secretário-geral do PS está a dar ao partido, com a forte possibilidade de um acordo à esquerda, e quer deixar claro que há uma corrente interna crítica e alternativa dentro do PS.

No encontro são aguardados, entre outros, Álvaro Beleza, Eurico Brilhante Dias e João Proença, da anterior direção de António José Seguro.

À volta da mesa vão discutir o futuro do país, do Partido Socialista e também para analisar os resultados eleitorais que na visão de Francisco Assis ficaram aquém do esperado.

Assis não quer, no entanto, criar uma revolta na bancada socialista, numa altura em que o PS já anunciou uma moção de rejeição ao programa do Governo, que impõe disciplina de voto aos deputados socialistas.