O secretário de Estado dos Transportes diz que tal só ainda não aconteceu porque o próprio Executivo ainda não recebeu essa informação do Grupo de Trabalho

O secretário de Estado dos Transportes disse, este domingo, que o PS vai receber nos próximos dias os documentos pedidos sobre as infraestruturas prioritárias e que terá então condições para se reunir com o Ministério da Economia.

Questionado sobre o facto de o Governo ainda não ter entregue ao PS a documentação pedida, Sérgio Monteiro afirmou que não aconteceu porque o próprio Executivo ainda não recebeu essa informação do Grupo de Trabalho que fez o relatório sobre infraestruturas prioritárias para investimento até 2020, uma vez que a recolha dos dados é demorada.

«Mas se essa é a condição para que o Partido Socialista se possa reunir connosco, estou certo que nos próximos dias teremos condições para marcar a reunião. Esse é o apelo que gostava de deixar, o Ministério da Economia continua de portas abertas para receber o Partido Socialista», afirmou à Lusa Sérgio Monteiro, secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações.

Dos 30 projetos considerados prioritários, explicou, para 15 há análises de custo-benefício, há dois que não necessitam porque são investimentos privados em infraestruturas privadas (terminais) e os restantes 13 ainda não têm essa análise feita.