O ex-secretário-geral do PS Ferro Rodrigues apelou esta quarta-feira ao líder socialista, António José Seguro, para que marque «tão brevemente quanto possível» eleições diretas para a escolha da liderança e um congresso extraordinário do partido.

Ferro Rodrigues assumiu esta posição em declarações à agência Lusa, depois de o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, na terça-feira, se ter disponibilizado para assumir a liderança dos socialistas.

«Portugal necessita de construir um Governo de forte base política e social após eleições legislativas e, para que tal aconteça, é condição fundamental que o PS ganhe essas eleições e dinamize a criação desse Governo, capaz de no país e na Europa se bater pelo desenvolvimento com crescimento e emprego e combate à exclusão», começou por apontar o atual vice-presidente da Assembleia da República.

Para Ferro Rodrigues, o PS «só estará em condições de mobilizar e entusiasmar os seus eleitores e militantes com um líder indiscutível e claramente apoiado pelo partido e pela sociedade».

«Deste modo, como antigo secretário-geral do PS, apelo a António José Seguro para que, de acordo com os estatutos, marque eleições diretas e um congresso extraordinário para tão breve quanto possível. Será um serviço importante que fará ao país, à democracia e ao PS», sustentou Ferro Rodrigues.