O candidato a primeiro-ministro do PS vai abrir um «canal aberto», através da Internet, para interagir com os cidadãos que tenham sugestões para o programa político socialista, com vista às próximas eleições legislativas.

Segundo fonte do secretariado nacional socialista, o sítio virtual www.canalaberto.pt ficará disponível a partir de segunda-feira, dia no qual António Costa também vai aparecer em tempo de antena, pelas 19:50 (RTP1), num vídeo de cerca de sete minutos, gravado no seu gabinete do largo do Rato, estando ainda prevista, durante a semana, a instalação de cartazes de propaganda um pouco por todo o país.

«O propósito é, depois da mobilização verificada nas primárias, apelar à colaboração e participação ativa dos simpatizantes e outras pessoas, além dos militantes, que se identificam com o secretário-geral do PS, mantendo assim um contacto permanente», disse à Lusa a mesma fonte.


No vídeo, o também presidente da Câmara de Lisboa fala da sua experiência enquanto autarca e de como essa vivência de maior proximidade com os cidadãos o leva a julgar-se agora um potencial melhor governante que nas outras ocasiões em que desempenhou tarefas executivas ao mais alto nível.

António Costa vai vincar ainda as diferenças entre um futuro elenco governativo liderado por si e o atual executivo liderado por Passos Coelho e Paulo Portas porque «o PS quer unir o Portugal que a direita dividiu» e «devolver a confiança, tranquilidade e estabilidade aos portugueses».

O PS já tinha colocado hoje em funcionamento outra página na Internet destinada ao envio de propostas o seu programa eleitoral, documento que será apresentado a 06 de junho, através da morada www.gabinetedeeestudos.ps.pt.