O Ministério da Administração Interna concedeu a Rui Rio a medalha de mérito de proteção e socorro pelo trabalho que o antigo presidente da Câmara do Porto desenvolveu na área da proteção civil ao longo dos seus três mandatos.

A decisão do ministro Miguel Macedo de atribuir a Rui Rio esta medalha - «no grau ouro e distintivo laranja» - foi hoje publicada em Diário da República.

De acordo com o despacho do ministro, datado do passado dia 12, a liderança promovida por Rui Rio, «assente no rigor, no envolvimento e na parceria ativa, conferiu ao setor da proteção civil e, em particular, aos bombeiros, um dinamismo que reconfigurou o panorama da proteção e socorro do município do Porto».

No despacho, Miguel Macedo destaca «o contínuo rejuvenescimento dos recursos humanos, o reequipamento do Batalhão de Sapadores Bombeiros, o protocolo assinado com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e a criação de um departamento agregador na implementação da política municipal de proteção civil».

O ministro da Administração Interna entende que estas iniciativas do social-democrata que liderou a cidade durante três mandatos «são exemplos da execução de medidas de uma estratégia para o setor que permitem salvaguardar um centro histórico qualificado como Património da Humanidade e uma Baixa de valor nacional inestimável, que se constitui como espaço de referência e oportunidade para a realização de eventos culturais e desportivos».