O parlamento aprovou esta sexta-feira na generalidade, sem qualquer voto contra, um projeto da deputada socialista Isabel Moreira para consagrar a identidade de género no direito de igualdade no acesso ao emprego e no local de trabalho.

Este diploma, que pretende acabar com situações de discriminação de que são alvo cidadãos transexuais e homossexuais, teve os votos favoráveis do PS, do PCP, os Verdes e Bloco de Esquerda.

As bancadas da maioria PSD/CDS optaram pela abstenção e, quando a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, anunciou o resultado da aprovação do projeto de lei do PS, ouviram-se algumas palmas no hemiciclo.